Espinosa e a Filosofia do Afeto Uma prática poética, política e ética


Por Rafael Lauro e Rafael Trindade

A filosofia se esqueceu do principal, o corpo. Ao fazer isso, se perdeu em um pensamento estéril, longe do mundo e da potência da vida. Como retomar a potência de pensar? Através de um pensamento ao mesmo tempo ético e poético. Ou seja, a filosofia precisa voltar a pensar através do corpo. Aliar-se à vida para abrir novos caminhos.

Mas para isso, primeiro é necessário encontrar um caminho imanente, escavar nosso cotidiano e encontrar a potência dos afetos soterrados na rotina. Aqui temos como grande aliado o filósofo holandês Espinosa. Sua filosofia conta com a força dos afetos para denunciar a letargia em que mergulhamos e traçar um caminho da servidão à liberdade.

Com Espinosa, encontramos ferramentas ao mesmo tempo poéticas e éticas para fazer da filosofia uma prática da existência. Nosso objetivo é fazer do pensamento uma prática de si e tornar a prática um estímulo para o pensamento. Somente assim a potência da vida se preenche de afetos ricos e expressivos.

Antes de iniciar seus estudos, conta pra gente o que te trouxe e o que espera. A gente quer te oferecer a melhor experiência possível.
Clique aqui
.

 

Faça este curso